A solidão pode ser uma boa amiga.

A solidão pode ser uma boa amiga.

Nós, seres humanos, somos seres sociais por natureza, gostamos de companhia e de nos sentir importantes para alguém. Por isso é muito difícil mudar a crença de que estar sozinho ou sentir-se sozinho é algo ruim.

Desde o tempo das cavernas aprendemos que tudo ficaria mais fácil se fôssemos aceitos em um grupo social, colaborando e enfrentando juntos todas as ameaças do mundo, porque sozinhos, nós não teríamos chance de sobreviver.

Por que temos medo de ficar sozinhos?

Sozinho ao por do sol.

O medo de ficarmos sozinhos vem justamente desse inconsciente coletivo herdado dos nossos ancestrais. Embora os perigos que ameaçavam a sobrevivência já não existam nos dias de hoje, nós ainda carregamos parte desse medo.

Além disso, a sociedade, a educação e a cultura têm ajudado a reforçar certas crenças irracionais sobre a solidão ser um sentimento ruim.

Quem nunca ouviu a frase: “Você vai ficar pra titia”?

O essencial aqui é perceber que o problema principal é o que dizemos a nós mesmos sobre os fatos.

Se formos capazes de pensar racionalmente, perceberemos que a solidão não é real. Hoje vivemos em lugares com muitas pessoas e estamos todos conectados através das redes sociais.

Talvez isso não seja suficiente e você se sinta só porque vive sozinho ou está solteiro. Mas eu repito que o problema não é esse. O que o(a) deixa ansioso(a) ou deprimido(a) é a maneira como você encara o fato de estar sozinho(a) e o que pensa a respeito disso.

Obviamente, se eu disser a mim mesmo uma centena de vezes por dia, ou mais, que estar sozinho é algo terrível, que ninguém me quer ou que vou morrer sozinho, minhas emoções serão muito intensas e o sofrimento será grande.

Você é a sua melhor companhia.

Mulher no parque de diversões.

As pessoas que temem a solidão acreditam que são incapazes de se defenderem sozinhas no mundo. Elas pensam que precisam de alguém ao seu lado para que possam ser felizes, mas a realidade nos mostra que ninguém precisa de ninguém para nada.

Algumas pessoas vivem por anos e anos ao lado de outra que lhes faz mais mal do que bem, simplesmente pelo medo de ficarem sozinhas. Preferem sofrer a conhecer a si mesmos; a falta de segurança e autoconfiança os deixa angustiados e preferem agir dessa forma.

Ma, isto é um erro; aprender a ficar sozinho(a) nos ajuda a crescer e amadurecer psicologicamente.

Saber ficar só é perceber que, na realidade, sua melhor companhia é você mesmo(a). O autoconhecimento mostra que você tem muitas possibilidades  e que é capaz  de viver sozinho(a).

Como posso administrar a minha solidão?

Pessoa sozinha.

– Preste atenção ao seu diálogo interno.

O primeiro passo é rever o nosso dialogo interno: o que a solidão significa para mim?

Se você acredita que a solidão é algo terrível, que é perigoso ficar sozinho, que é incapaz de se defender sozinho, você tem um problema. Seja mais racional, mais realista.

Questione-se, busque evidências contra ou a favor desses seus pensamentos, analise e reflita se você pode enfrentar esses medos e se eles são realmente ruins.

Esta análise irá surpreendê-lo e você vai perceber que os seus medos são infundados.

– Passe um tempo com você mesmo

Obrigue-se a passar um tempo sozinho(a). Para mudar não podemos agir somente a nível mental ou cognitivo, mas também a nível comportamental.

Programe um final de semana sozinho(a); vá à praia, ao cinema, leia um bom livro ou assista a um filme se quiser, mas sem redes sociais. Faça essa viagem sem nenhuma companhia.

Se você agir dessa forma por algum tempo verá que sobreviveu, que seus medos não eram reais e que agora se conhece muito melhor.

– Relacione-se com os outros.

Brinde com taças de vinho.

Gerencie seu tempo para também “estar com as pessoas”. A solidão não pode ser um modo de vida. Abra-se para o mundo, conheça mais pessoas e faça novos amigos.

Muitas vezes ficamos sozinhos porque colocamos um “mas” em todas as pessoas que cruzam nosso caminho, porque não entendemos que as pessoas não são perfeitas e que não existe ninguém que irá nos satisfazer ou complementar inteiramente.

Perceba que existem milhões de pessoas lá fora desejando conhecê-lo(a), mas você precisa se abrir.

Não se esqueça: saber ficar só é fundamental para o nosso autoconhecimento e para nos relacionarmos com os demais. Estar bem consigo mesmo é o suporte para o nosso bem-estar.

Se ainda sim você sentir dificuldade em lidar com a sua solidão, procure um Psicólogo Cognitivo Comportamental para te ajudar nesse processo.

*Os textos do site são informativos e não substituem o atendimento realizado por profissionais.

Fonte: A mente é maravilhosa.

Imagens: Unsplash.com

Tags: | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | |

Abrir
Entre em contato e agende uma avaliação inicial presencial ou online, será um prazer recebê-lo(a).

Whatsapp +55 (11) 99735-1268
Powered by