Avaliação psicológica para cirurgia bariátrica, laqueadura ou vasectomia.

Avaliação psicológica para cirurgia bariátrica, laqueadura ou vasectomia.

A avaliação psicológica, é um processo técnico de levantamento de dados para compreensão das características psicológicas da pessoa. Seu objetivo é estabelecer o quanto o pretendente para a cirurgia está preparado para o procedimento. Além disso, essa avaliação verifica a capacidade do paciente em reorganizar os seus hábitos de vida e seus pensamentos para lidar com as adversidades que podem ocorrer no processo pós-cirúrgico.

Avaliação psicológica para cirurgia bariátrica.

A obesidade é uma doença crônica, dispendiosa, multifatorial e que pode levar a comorbidades (outras doenças que agravam o estado de saúde) e que possui uma taxa de mortalidade elevada, conforme descrito pela Organização Mundial da Saúde. A participação do psicólogo no processo pré e pós-cirúrgico é essencial, pois o paciente precisa ter consciência de vários aspectos da cirurgia bariátrica, dos riscos do procedimento e das mudanças corpóreas e psicológicas que podem ocorrer.

A avaliação psicológica tem o intuito de verificar se o paciente está apto a iniciar uma mudança de hábito, pensamentos e comportamentos. Além de verificar por meio de instrumentos psicológicos específicos a tolerância psicológica para mudanças, o psicólogo também avalia os fatores emocionais referente a personalidade, ao estado de humor e a qualidade do sono.

Há também uma investigação sobre o início da obesidade, padrões familiares, maneiras de lidar com a doença, quantas e quais tentativas buscou para emagrecer, prejuízos causados pela obesidade em sua vida, casos de obesidade na família, autoestima, autoimagem corporal e expectativas quanto ao procedimento cirúrgico.

A avaliação psicológica ainda possibilita a verificação de compulsões, crises de ansiedade e fantasias acerca do emagrecimento, a relação do paciente com o alimento, a possibilidade de algum transtorno alimentar (compulsão alimentar periódica, anorexia, bulimia), níveis de stress, ansiedade e depressão e também a capacidade de controle emocional frente às situações de stress/tensão que possam comprometer os resultados do procedimento.

Além da avaliação pré-cirúrgica, é imprescindível que o paciente dê continuidade ao acompanhamento pós-cirúrgico com o psicólogo e os demais membros da equipe multidisciplinar. Dessa forma, o acompanhamento das mudanças de hábitos, por meio da reeducação alimentar e prática de exercícios, garantirá o sucesso do procedimento.

O processo de avaliação psicológica para cirurgia bariátrica acontece em sete sessões com o Psicólogo, ao final do processo ocorre a devolutiva e a entrega do parecer que indica se o paciente é favorável ou não ao procedimento cirúrgico. Para saber o valor, entre em contato. 

Avaliação psicológica para cirurgia de laqueadura.

A cirurgia de laqueadura tubária é um método contraceptivo, que é irreversível na maioria dos casos. Esse procedimento é feito por um médico cirurgião ginecologista que efetua incisões para, em seguida, inserir um pequeno dispositivo, que ajudará a localizar as trompas. Após amarrar, cortar ou apertar as tubas uterinas, o corte é fechado com pequenos pontos. Geralmente, a mulher é liberada algumas horas depois da cirurgia.

Esta avaliação psicológica pré-cirúrgica poderá ser realizada a partir de iniciativa própria da mulher, do casal ou por indicação médica. Nesta avaliação psicológica são analisadas as expectativas e temores da mulher ou do casal e também a maturidade emocional para encerrar a vida reprodutiva.

De acordo com a lei do planejamento familiar (N.º 9263, de 12 de janeiro de 1996 (DOU 15.01.96), a laqueadura pode ser feita em qualquer mulher com mais de 25 anos ou que tenha pelo menos dois filhos vivos. Porém, sua principal indicação é em mulheres que podem apresentar risco de saúde, tanto para ela quanto para o bebê, caso engravidem.

As mulheres com mais de 25 anos, se solteiras e sem filhos, geralmente são convidadas pelo psicólogo a uma reflexão maior, pois além de existirem outros métodos contraceptivos reversíveis, elas pertencem ao grupo com maior risco de arrependimento.

O processo de avaliação psicológica para cirurgia de laqueadura tubária acontece em quatro sessões com o Psicólogo, ao final do processo ocorre a devolutiva e a entrega do parecer que indica se o paciente é favorável ou não ao procedimento cirúrgico. Para saber o valor, entre em contato. 

Avaliação psicológica para cirurgia de vasectomia. 

A cirurgia de vasectomia é um método contraceptivo, irreversível em cerca de 99% dos casos. Esse procedimento é feito por um médico cirurgião urologista que efetua um corte nos canais responsáveis por levar os espermatozoides para compor o sêmen, fazendo com que, após a cirurgia, o homem ejacule um sêmen sem espermatozoides.

Por se tratar de uma esterilização em forma de cirurgia, a avaliação psicológica desempenha um papel fundamental para estabelecer se o paciente está preparado psicologicamente tanto para o procedimento quanto para as mudanças em sua vida.

O Psicólogo irá auxiliar o paciente a compreender o objetivo da cirurgia, garantir se a pessoa está tomando a decisão de livre vontade, sem influência de terceiros ou de fatores relacionados à estados emocionais alterados ou incapacidade mental.

O processo de avaliação psicológica para cirurgia de vasectomia acontece em três sessões com o Psicólogo, ao final do processo ocorre a devolutiva e a entrega do parecer que indica se o paciente é favorável ou não ao procedimento cirúrgico. Para saber o valor, entre em contato. 

Para realizar uma avaliação psicológica ou para maiores informações, entre em contato clicando aqui. 

Tags: | | | | | | | | | | | | | |

Abrir
Entre em contato e agende uma avaliação inicial presencial ou online, será um prazer recebê-lo(a).

Whatsapp +55 (11) 99735-1268
Powered by