Covid-19: Como lidar com o excesso de notícias sobre a pandemia.

Covid-19: Como lidar com o excesso de notícias sobre a pandemia.

Diariamente somos bombardeados por diversas notícias sobre a pandemia da Covid-19.  É claro que obter informações em um momento como esse é fundamental para saber o que está acontecendo e, principalmente, para se atualizar sobre as recomendações das autoridades de saúde com relação ao novo Coronavírus.

Contudo, ler ou ouvir uma grande quantidade de notícias sobre a pandemia, pode aumentar a ansiedade e o estresse como eu e muitos colegas psicólogos tem percebido no relato dos pacientes desde que a quarentena começou. Em muitas vezes, a preocupação é tão grande, que há muitos relatos de insônia pela preocupação oriunda das notícias diárias. 

A pandemia é imprevisível, e isso significa que a situação pode mudar do dia para a noite. Uma informação que ouvimos no telejornal da noite, pela manhã já pode estar velha.

Por isso, é muito importante tentar equilibrar a quantidade de informações que consumimos diariamente. Precisamos nos informar, mas sem nos sobrecarregar demais.

Dicas para evitar o excesso de informação.

  • Informe-se sobre a pandemia da Covid-19 por meio de fontes seguras e evite alarmismos. Se a notícia vier pelas redes sociais ou por um aplicativo de troca de mensagens (Whatsapp, Telegram, etc), mesmo que tenha sido enviada por algum grupo, parente ou amigo, tenha cuidado, assim como você, outras pessoas podem ficar ansiosas ou estressadas com noticias ruins;
  • Procure sempre checar a informação recebida antes de acreditar em tudo que você lê. Procurar a mesma notícia em um site com credibilidade, te ajuda a perceber se você recebeu ou não uma noticia falsa (Fake News).  Nem todo mundo repassa notícias falsas por maldade, em muitos casos é apenas por desconhecimento. Entretanto, uma notícia recebida e compartilhada sem a devida verificação, pode ser falsa e gerar ainda mais ansiedade ou estresse em você e em muitas outras pessoas desnecessariamente;
  • Evite ficar com a televisão ligada nos telejornais ou lendo notícias na internet o dia inteiro. Separe no máximo três vezes ao dia, manhã, tarde e noite, para se atualizar sobre o que está acontecendo. Evite o excesso de informações;
  • Evite ler notícias antes de dormir, principalmente por meio das telas do celular ou computador. A ansiedade costuma atrapalhar o sono e além disso, a luz dos aparelhos eletrônicos interfere na produção da melatonina, um hormônio que ajuda a regular o sono;
  • Busque também ler boas notícias. Em meio a esse caos dos dias atuais, existem muitas notícias positivas sobre os avanços da ciência, o número de curados da Covid-19, o número de queda de novos casos em muitos países, a possibilidade de impeachment do nosso presidente, etc. Esse tipo de informação nos ajuda a ter mais esperança;
  • E por fim, não deixe de seguir as recomendações das autoridades de saúde, como a Organização Mundial de Saúde (OMS). Embora muita gente tenha tentado descredibilizar a imagem dessa instituição fazendo interpretações equivocadas sobre que é dito, ela ainda é a instituição mais confiável com relação ao enfrentamento da pandemia em todo o Mundo.

Se ainda sim você sentir dificuldades em lidar com a ansiedade por conta do excesso de informações sobre a Covid-19, procure um Psicólogo Cognitivo Comportamental para te ajudar nesse processo.

Sobre o autor:

Paulo Alencar é psicólogo Cognitivo Comportamental (CRP 06/137862), tem Formação em Terapia Comportamental Cognitiva em Saúde Mental, pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). É pós-graduando em Terapia Cognitivo Comportamental pelo ITC – Instituto de Terapia Cognitiva. Realiza atendimento clínico presencial e online para adolescentes, adultos, idosos e LGBTQIA+. Seu consultório se localiza na Rua Manuel da Nóbrega, 354 em São Paulo, próximo ao metrô Brigadeiro. Possui interesse em música brasileira / flashback, cinema, parques, esportes radicais e tecnologia. Contato: (11) 99735-1268, e-mailSitefacebookInstagramLinkedin

Tags: | | | | | | | | |