Por que fazer psicoterapia?

Por que fazer psicoterapia?

A psicoterapia é um conjunto de estratégias oriundas de conceitos da psicologia que visam trabalhar, a partir do diálogo e da conversa, nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos. A Psicoterapia geralmente é guiada por abordagem específica e pelo uso de outras ferramentas. Existem vários tipos de psicoterapia dependendo do objetivo, mas todas devem ser realizadas por um psicólogo ou psiquiatra especializado.

A duração e o tipo de tratamento usado dependerão dos sintomas, da gravidade, da condição, das necessidades e do desejo do indivíduo. A psicoterapia não é um aconselhamento e não tem o objetivo de responder diretamente a perguntas pessoais, mas desenvolve ferramentas e estratégias para ajudar as pessoas a resolver problemas pessoais de forma autônoma e ter uma visão mais realista sobre o eu, o mundo e o futuro.

Para que serve a psicoterapia?

A psicoterapia pode ser feita por qualquer pessoa, pois é uma excelente ferramenta para controlar a ansiedade e o estresse, para se recuperar de traumas, lidar com o luto ou fazer com que o individuo aprenda a lidar com emoções negativas causadas por pensamentos disfuncionais ou por situações reais de problemas que parecem não ter solução.

No entanto, a psicoterapia também é muito útil no tratamento de uma variedade de problemas de saúde mental, como:

  • distúrbios do humor, como depressão ou bipolaridade;
  • transtornos de ansiedade como transtorno de ansiedade generalizada (TAG), transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), fobias, transtorno do pânico ou transtorno de estresse pós-traumático;
  • dependência de álcool, fumo, drogas ou jogos de azar;
  • distúrbios alimentares, como anorexia ou bulimia;
  • distúrbios de personalidade, tais como distúrbio de personalidade limítrofe;
  • Doença mental, como esquizofrenia ou outra doença mental.

Em alguns casos, a psicoterapia feita em conjunto com o tratamento psiquiátrico é uma combinação que ajudar a aliviar os sintomas de ansiedade ou depressão através do uso de medicamentos receitados pelo médico, já que os psicólogos não podem prescrever medicamentos.

Como funciona?

A psicoterapia pode ser realizada individualmente ou em grupos e serve para adultos e crianças. Cada pessoa é única e por isso nenhuma psicoterapia estipula um número mínimo ou máximo de sessões. Tudo depende dos objetivos de cada indivíduo e de seu comprometimento com o processo.

Normalmente, as sessões de psicoterapia acontecem no consultório, seja de maneira presencial ou online, e duram em média 50 minutos. No entanto, no caso de terapia de casal, familiar ou de grupo, esse tempo varia e pode ser de até 90 minutos.

No imaginário popular as sessões de psicoterapia acontecem em uma sala onde o paciente se deita no divã enquanto o terapeuta se senta de costas, de lado ou de frente. Essa forma de sessão só ocorre em sessões psicanalíticas. De um modo geral, na maioria das terapias individuais, o paciente senta-se em uma poltrona de frente para o terapeuta ou acontece em uma conversa pelo computador ou celular.

Quais os tipos de psicoterapia?

Existem vários tipos de psicoterapia, cada uma trabalha com métodos e técnicas distintas, mas todas tem o mesmo objetivo, ajudar o paciente no seu processo de autoconhecimento e de melhora. Citaremos aqui as sete abordagens psicoterapeuticas mais conhecidas na atualidade:

Psicanálise: Criada por Freud, esta terapia é uma das mais conhecidas pelas pessoas. Nesta abordagem o individuo busca se conectar com seu subconsciente a fim de encontrar respostas e insight para as suas questões.

Psicoterapia Junguiana: Este tipo de terapia funciona a partir da análise do inconsciente, dos pensamentos e dos sonhos. Seu objetivo é tentar encontrar respostas para as perguntas que estão incomodando o paciente.

Psicoterapia Lacaniana: Esta é conhecida como uma das terapias mais demoradas que visam analisar os pensamentos e comportamentos da pessoa.  Durante a conversa os psicólogos tentam interpretar os sentimentos através de atos falhos e do discurso presente nas conversas.

Psicoterapia Analítico Comportamental: Essa terapia está relacionada ao behaviorismo e visa abordar a relação do indivíduo com seu ambiente. Nessa abordagem, o reforço positivo é usado gerar mudanças no comportamento das pessoas.

Gestalt terapia: Esta é uma terapia focada no momento. Ou seja, ela usará não apenas o que o paciente diz, mas também seus gestos, expressões e o ambiente em que vive.

Psicodrama: Essa é uma terapia diferente das tradicionais. Isso ocorre porque essa abordagem usa como técnica principal as encenações em grupo ou individuais com o objetivo de perceber e avaliar as emoções que surgem nesses momentos.  Você não precisa necessariamente se envolver nas dramatizações, mas ainda pode observar e resolver seus problemas através das percepções que tem como expectador.

Terapia Cognitivo comportamental: Essa terapia busca entender a forma como os indivíduos interpretam as situações da vida e como isso afeta suas emoções e comportamentos.

O objetivo principal dessa abordagem é identificar padrões de, pensamento, crenças, hábitos e comportamento na raiz do problema e transformar esses padrões em respostas mais adaptativas por meio de técnicas específicas. Ao modificar os pensamentos disfuncionais e seus significados, os sentimentos e os comportamentos podem ser alterados permanentemente.

Ao contrário de outras abordagens psicológicas citadas anteriormente, na terapia cognitivo comportamental o terapeuta tem um papel ativo, colaborativo e educativo. Ele é responsável por psicoeducar e preparar psicologicamente o paciente através de técnicas e atividades com o objetivo de mudar pensamentos e crenças arraigados e melhorar o funcionamento emocional e comportamental do paciente.

Por que fazer Psicoterapia?

Mulher feliz na psicoterapia

A psicoterapia é um importante tratamento que auxilia na promoção do autoconhecimento. Ela ajuda na melhora a qualidade de vida, da saúde física e mental e faz com que as pessoas aprendam gerenciar seus pensamentos, sentimentos, comportamentos e a lidar melhor com o ambiente que as cerca.

As sessões de psicoterapia são livres de julgamento pessoal e são extremamente confidenciais, pois assim, os pacientes podem se sentir à vontade para se expressar sem medo de julgamentos.

Resultados da Psicoterapia.

Os resultados alcançados com a psicoterapia dependem do empenho das pessoas em mudar a situação que produz seus desconfortos e/ou sintomas. Toda psicoterapia deve sempre ser direcionada por um profissional da área, como psicólogo ou psiquiatra. Esses profissionais estuam anos para determinar o melhor tipo de tratamento com base nos objetivos individuais de cada indivíduo.

Alguns dos fatores que dificultam os bons resultados em psicoterapia, dentre eles podemos citar a relação de pouca confiança com o terapeuta, o desinteresse do indivíduo em melhorar ou o tipo de psicoterapia utilizada. Se for o caso, não tenha medo de procurar outro profissional, o importante é você encontrar o profissional e a abordagem certa.

Buscando Psicoterapia? Entre em contato.

Tags: | | | | | | | | | | | | | | | | |